É preciso falar cada vez mais da importância da preservação da natureza e o quanto isso impacta na vida de todos, e a Semana do Meio Ambiente é uma ótima oportunidade para abordar o tema.

Por meio de diversas ações, é possível trazer mais conhecimento, ao mesmo tempo em que incentiva a aplicação de atitudes conscientes não apenas no local de trabalho, mas em casa e em toda rotina.

Descubra, agora, a origem dessa data, sua importância e porque ela deve ser levada para dentro da sua organização. Olhe só!

O que é a Semana do Meio Ambiente

A Semana do Meio Ambiente tem como objetivo chamar a atenção da população para que todos tenham maior participação nas discussões sobre esse tema e entendam a importância dessa questão.

Neste ano, ela é comemorada do dia 7 a 9 de junho, e foi criada em 1981, a partir da data estipulada pela ONU — Organização das Nações Unidas — que determinou o dia 5 como o mundial para essa abordagem.

Essas datas somam a momentos importantes da luta para a preservação e conscientização ambiental por todo o mundo, como as conferências Eco 92 e Rio+20, sediadas em 1992 e 2012 no Rio de Janeiro.

Nelas, lideranças mundiais, ONGs e entidades privadas, se reuniram para discutir o impacto socioambiental de cada país e empresa, além de assinarem acordos pela proteção ambiental.

A necessidade da educação ambiental no trabalho

Cada vez mais a preocupação ambiental cobra o engajamento das empresas. O número de clientes que, na hora de escolher um produto ou uma marca, se preocupa com o discurso em relação ao meio ambiente que a empresa oferece aumentou.

Para isso, muitas recorrem ao chamado Marketing Ambiental, a fim de passarem para o público seu posicionamento sobre o tema. Porém, é preciso cumprir o que se prega, já que não há fiscalização de setores oficiais, apenas da sociedade.

No entanto, não apenas empresas que tenham uma marca renomada precisam pensar na sustentabilidade: todos os segmentos devem repensar seus hábitos.

Por onde começar

Para uma organização conseguir esse objetivo, não importa seu tamanho, os “três Rs” podem se tornar um caminho inicial.

As ações sustentáveis do “reduzir, reutilizar e reciclar”, coloca em pauta entre os funcionários o propósito da sustentabilidade. Levada a eles através de treinamentos e workshops, essas mudanças trazem impacto apenas dentro da empresa, mas também na comunidade ao redor.

Há, também, diversas outras formas de uma organização se engajar nas questões ambientais em sua comunidade, tais como: patrocinando gincanas de limpeza de espaços da cidade ou fazendo palestras nas escolas e outros espaços da região, sempre falando da importância da sustentabilidade para o meio ambiente. Mas para iniciar, os pequenos gestos já contam!

Veja algumas atitudes que já fazem diferença:

  • diminuir o uso de plásticos;
  • prezar pelo uso de materiais reciclados;
  • combater o desperdício de copos plásticos e de papéis no ambiente de trabalho;
  • incentivar a separação correta do lixo e a coleta consciente;
  • reduzir o consumo de água, energia e combustíveis.

No Sapiens Parque não é diferente. Como parque de inovação, todas as empresas instaladas são orientadas a utilizar a captação de água de chuva e a geração de energia solar.

No Restaurante Barió, localizado no prédio de serviços do parque, o Makan Center, é realizada a separação do lixo, especialmente  vidros, latinhas, papelão e lixo orgânico.

Com o lixo orgânico (cascas, talos e folhas de frutas, legumes e saladas) a empresa realiza a compostagem. A terra proveniente da compostagem é usada para na horta de chás, legumes, verduras e temperos do restaurante.

-Todos os registros internos do restaurante  são regulados para diminuir o desperdício. Não permitimos lavação de pisos e calçadas utilizando mangueira. Explicou a Neusa Ivete Müller, sócia e proprietária do Barió.

Além disso, no prédio de serviços, o Makan Center, conta com um sistema de reutilização de água.

A campanha frequente de conscientização de energia no local proporciona uma redução de até 20% da iluminação excessiva.

A administração do parque apoia projetos como o Ecopet Tampas, onde através da venda de tampinhas proporcionam a castração de animais de rua ou abandono e famílias carentes. No Casarão, prédio administrativo do Sapiens Parque, temos um ponto de coleta para quem mora ou transita pelo norte da ilha, em Florianópolis. Projeto bacana né? Você contribui com o meio ambiente e ajuda a salvar vidas.

Seguindo o movimento de reciclagem, no Casarão, somos ponto de coleta para o E-lixo ♻️🚮. A iniciativa é uma parceria com a Associação Empresarial de Florianópolis, que recebe lixo eletrônico da sua casa ou empresa depositado pela população.

Tem lixo eletrônico? Deixe no Sapiens Parque. Aqui damos o destino certo para cada material entregue de forma correta e segura.

As entregas podem ser feitas de segunda a sexta-feira, das 8h às 16h, na recepção do Casarão, no Sapiens Parque, na Av. Luiz Boiteux Piazza, nº 1302, Canasvieiras.

Pensar no impacto que se causa na natureza é pensar no mundo em que se vive como um todo. O papel das empresas pode ser decisivo nisso, lembrando que cada atitude conta. Por tudo isso, a importância de trazer a Semana do Meio Ambiente para a sua organização.

Faça a escolha certa!

 

Fonte: qualicipa.com.br